Bem Vindo!

CONHEÇA AS DIFERENÇAS ANTES DE COMPRAR

ARÁBICA OU ROBUSTA?
DOP usa somente cafés da variedade Arábica, pelos seus atributos de aroma e sabor.

A variedade Robusta é normalmente usada para aumentar a sensação de corpo e a permanência da crema.

Um espresso com os cafés que escolhemos, com o ponto de torra adequado, não necessita a presença de robusta, que em nosso entendimento não melhora o paladar da bebida.

 

ESPRESSO COM 30 ML OU 40 ML?

O conceito de espresso que adotamos é fiel à escola italiana, onde a dose de café é de no máximo 30 ml. Acima de 30 ml começa a extração de café com sabor desagradável.

Para um lungo ou americano, o correto é fazer um espresso de 30 ml, retirar a cápsula da máquina e acionar o botão para completar a dose com água quente.

 

PERMANÊNCIA DA CREMA

A permanência e espessura da crema num espresso DOP, é semelhante à de um espresso preparado em máquinas de grupo profissionais, como as usadas em cafeterias. A crema tem de 3 a 5 mm, e a persistência é de 3 a 5 min. Não utilizamos aditivos para prolongar a durabilidade da crema.

Nossa filosofia é: um espresso nunca te espera... você é que deve esperar um bom espresso!

 

PONTO DE TORRA

Cada café tem um ponto de torra mais adequado. 

Quanto mais clara a torra, mais se conserva a acidez e os sabores frutados.

Quanto mais escuro o ponto de torra, mais caramelização acontece no processo, sabores como caramelo e chocolate aparecem e a acidez se torna mais branda.

Pontos de torra mais escuros trazem também o amargor, que fica cada vez mais intenso, à medida que o café escurece.
A DOP criou labels que realçam a fruta e acidez de alguns cafés com pontos de torra mais claros, mas também oferecemos pontos de torra intermediários e mais escuros, para agradar todos os tipos de paladares e também harmonizar da melhor maneira com os tipos de preparo.

 

CÁPSULAS DE PLÁSTICO X CÁPSULAS DE ALUMÍNIO

As cápsulas DOP são confeccionadas pela nossa fábrica em resinas plásticas, próprias para uso alimentar. Os materiais utilizados atendem a todas as exigências da Anvisa, não possuem nenhum tipo de contaminação e nem desprendem qualquer tipo de resíduo.

A temperatura de preparo do café é muitas vezes inferior ao ponto de fusão da matéria plástica utilizada. Portanto, não existe a menor possibilidade do espresso adquirir o sabor de plástico.